Notícias

As bibliotecas setoriais da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) receberão ciclos de exibições de artes plásticas, através dos projetos Bibliotecarte e Arte Digital, organizados pelo Sistema de Bibliotecas (SISTEBIB) em conjunto com o Centro de Artes da Ufam (CAUA).

O projeto Bibliotecarte promoverá exposições nas bibliotecas setoriais instaladas nas unidades acadêmicas na Capital. O primeiro ciclo é composto por dez telas do acervo da pinacoteca do CAUA, com o lançamento marcado para o dia 6 de fevereiro, às 15h, na biblioteca setorial de Ciências da Saúde, localizada na Av. Airão, 1033, Praça 14.

Os trabalhos do primeiro ciclo foram produzidos pelos artistas visuais Afrânio Santos, Bernadete Andrade, Eli Bacelar, Iva Tai, Jair Jacmont, Jader Reis, Mario Paula, Moacir Andrade, Turenko Bessa e Zeca Nazaré. As obras permanecem na biblioteca de Ciências da Saúde até 24 de fevereiro.

Em seguida, o ciclo de exposições vai para o Setor Norte, depois para a Escola de Enfermagem e finaliza no Setor Sul. Na abertura de cada exposição será realizada a apresentação musical “Cúmplice da Arte Autoral” com os músicos Lucas Passos de Lima e Robert Ruan de Oliveira Barbosa.

O Bibliotecarte é voltado para alunos, professores e técnico-administrativos vinculados às unidades acadêmicas da UFAM, bem como os membros da comunidade externa que freqüentam estes espaços. “Queremos inserir no contexto das bibliotecas setoriais o acesso a apresentações musicais e exposições de artes visuais para o desenvolvimento cultural“ afirmou o coordenador do CAUA, professor Paulo Simonetti.

Confira o calendário do Bibliotecarte:

 

Arte Digital

O projeto Arte Digital promove exposições artísticas nas Unidades fora da sede, levando o acervo do CAUA para as bibliotecas do Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia - ICET em Itacoatiara; Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia – ICSEZ (Parintins); Instituto de Natureza e Cultura – INC (Benjamin Constant); Instituto de Saúde e Biotecnologia – ISB (Coari) e Instituto de Educação, Agricultura e Meio Ambiente – IEAA (Humaitá).

O primeiro ciclo de exibições foi produzido pelo coletivo Interagindo Manaus (IMAO) com trabalhos figurativos sobre o tema “Caminhos do Rio” que busca representar cenas amazônicas através do imaginário dos artistas.

Composto por nove trabalhos produzidos em mídia digital e impressos em vinil no formato de banner, as obras com estilo figurativo, que utilizam como suporte a fotografia e o desenho digital, foram produzidas pelos artistas visuais Afrânio Santos, Camila Nakano, Clea Rodrigues, Cristiane Barreiros, Francisco Caetano, Lincoln Rocha, Monik Ventilari e Paulo Simonetti – todos membros do Coletivo IMAO. O nono trabalho foi produzido pelo artista Zeca Nazaré, convidado a participar deste ciclo.