Notícias

Nova plataforma armazenará produções técnicas e científicas produzidas no âmbito da Ufam

O Sistema de Bibliotecas da Ufam (SISTEBIB) e o Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) realizam, nesta sexta-feira (23), o lançamento do Repositório Institucional da Ufam (RIU), uma plataforma digital aberta que tem o objetivo de armazenar produções técnicas e científicas da universidade. O lançamento será às 19h, no Museu Amazônico, durante o Dabacuri Cultural.

Com a nova plataforma, as produções culturais, artísticas, técnicas, científicas, tecnológicas e didático-educacionais, desenvolvidas no âmbito da universidade, poderão ser armazenadas, preservadas e divulgadas em formato digital. Para isso, o sistema apresenta, em três idiomas (português, espanhol e inglês), um espaço para registro de usuários, onde é possível fazer a submissão de trabalhos e receber atualizações por email.

O site disponibilizará dissertações, teses, trabalhos de conclusão de cursos de graduação e pós-graduação lato sensu, artigos científicos, documentos de conferências, livros e capítulos de livros, patentes, revistas da Ufam e softwares livres. Tudo isso com o objetivo de promover o intercâmbio intelectual, a criatividade, a originalidade, o conhecimento, a inovação e a divulgação das pesquisas da Ufam.

Segundo a diretora da Biblioteca Central, professora Célia Simonetti, a construção do site teve apoio da comunidade acadêmica. “O RIU foi prospectado pelo Sistema de Bibliotecas a partir da interação com a comunidade, a qual elegeu sua logomarca, seu nome e a forma da arquitetura informacional implantada em parceria com o CTIC”, afirmou.

O conteúdo que compõe o RIU, inicialmente, foi migrado do Portal Lira. São mais de 3.600 relatórios finais dos projetos realizados entre 2009 e 2016, que aguardam autorização para que sejam publicados na íntegra. Para autorizar, é necessário que o autor realize o procedimento descrito no Manual de Liberação de Relatórios.

O RIU apresenta ainda um campo de busca por autoria, assunto, áreas de conhecimento, tipo de documento, data de publicação e tipo de publicação. Também há um espaço para comunidades nas áreas de Ciências Agrárias; Biológicas; Saúde; Exatas e da Terra; Humanas; Sociais Aplicadas; Engenharias; Linguística, Letras e Artes; e Multidisciplinar.

Fonte: ASCOM/UFAM

 

Leia Também: